sábado, 6 de novembro de 2010

A Tristeza Inevitável...

"Pois, que é morrer senão expor-se, desnudo, aos ventos e dissolver-se no sol?
E que é cessar de respirar senão liberar o hálito de suas marés agitadas, a fim de que se levante e se expanda e procure a Deus livremente?
É somente quando beberdes do rio do silêncio que podereis realmente cantar.
É somente quando atingirdes o cume da montanha que começareis a subir.
É quando a terra reivindicar vossos membros que podereis, verdadeiramente, dançar."
                                            Khalil Gibran


Meu avô foi um cara incrível, a pessoa mais engraçada que eu conheci na vida. Piadista (tive a quem puxar), espirituoso, inteligente (tinha cada tirada inacreditável). Era meloso d+, carinhoso de pedir beijo e abraço o tempo todo (meu pai herdou fortemente), tinha as mãos mais macias do universo (pena q ninguém da família puxou isso dele). Até minha avó morrer (3 meses atrás), ainda dava beijos na boca dela, várias vezes ao dia. Ele criou (junto à minha avó, claro) muitoooo bem meu pai e minha tia. Sempre foi um avô zeloso e participativo. Sempre encheu de mimos os 4 netos e os 2 bisnetos. Enfim, foi maravilhoso ter meu avô na minha vida e, talvez por isso, seja tão difícil aceitar que ele tenha ido embora (mesmo que depois de viver lindamente 96 anos). Perdi minha avó há 3 meses... Meu avô se foi logo em seguida (3 meses e 2 dias depois). Agora em Dezembro eles fariam 60 anos de casados. P/ alguns, como eu, isso explica muita coisa. Enfim...
Pro meu pai tá sendo duro d+, e eu sofro ainda mais por ele. Perder pai e mãe num intervalo de 3 meses... E os dois morreram nas mãos dele. Minha avó eu vi morrer pq estávamos todos no quarto dela no momento em que tudo parou. Foi uma passagem bonita e emocionante pq a família estava ali c/ ela, reunida em volta dela. Foi particularmente forte p/ mim pq eu fui a última a chegar no quarto (estavam meus pais, minha tia, meu irmão e minhas primas) pq fui a última a ir p/ o hospital (minha mãe me ligou dizendo que estavam todos indo p/ lá pq ela tinha piorado muito e me pediu tb p/ escolher uma roupa p/ vestirmos nela). Foi duro fazer isso, mas fiz com carinho. Saí de casa levando tudo comigo. Eu cheguei no hospital, beijei minha avó e em menos de 5 minutos ela se foi. Nessa hora minha prima me disse: Eu tinha certeza que ela só estava te esperando chegar. E isso me marcou muito, claro!


Meu avô estava só com meu pai (pq ninguém estava esperando que ele fosse partir e era dia do meu pai trabalhar no hospital que ele estava). Me dói não ter despedido dele... Sei que nunca deixei de dizer que o amava... Nunca deixei de cuidar dele... Aproveitei d+ esses últimos meses ao lado dele... Mas, ainda assim, senti falta dessa despedida.

O velório do meu avô foi muito emocionante... Minha tia (irmã do meu pai) recitou o poema acima, de Gibran (que era árabe, legítimo, como meu avô). Um poema lindo, embora fale de morte. Ele foi velado e enterrado c/ a bandeira do Botafogo, time do coração dele. Aliás, ele influenciou toda a família e até os bisnetos são botafoguenses! E antes de nos despedirmos pela última vez dele, cantamos a música que ele mais adorava... Música que ainda sou capaz de ouvir ecoando pela minha casa inteira, na voz doce do meu avô...

Mãezinha do céu, eu não sei rezar, eu só sei dizer quero te amar. Azul é seu manto, branco é seu véu. Mãezinha eu quero te ver lá no céu. Mãezinha eu quero te ver lá no céu.

 

E eu, que até Agosto tinha os 4 avós vivos, hoje só tenho 2...

Obrigada por todo o carinho que tenho recebido desde quinta-feira. Vcs são incríveis!!!
Eu sei que vai passar...

Beijinhos,
Bi

28 comentários:

Any disse...

Bibi, q Deus conforte tds vcs!! Vcs estarão nas minhas orações e no meu coração!
Bjs!

Karla disse...

Bi, chorei lendo seu post sabia, muito emocionante mais foi a vontade de Deus de ter uma pessoa tão linda e iluminada ao lado dele. Sei que dói muito a perda de alguém que a gente ama mais ele teve que partir mas com toda certeza onde ele estiver vai estar olhando por vcs.

Um forte em todos vcs.

Beijos

Clau disse...

Oi Bianca...

Menina admiro muito muito, muuuuuuuuuuuito a união quem tem na tua família...

Sinto muito pelo teu avó... e imagino que a saudade deve ser grande!

Beijo grande

Bia disse...

Nossa, vc conseguiu me deixar com um nó na garganta!
Pelas fotos e o que sempre vc postou sobre o seu avô, dá sim pra entender que ele realmente era especial e diferente...

Eu só tenho uma vó (materna)! Os paternos eu perdi ainda muito pequena, quase não tive contato. Já o avô materno eu perdi aos 9 anos e foi MUITO sofrido.
Me pegava rezando a noite pra Deus não leva-la tão cedo também...
Ela ainda está aqui firme e forte, aos seus 81 anos, está bem demais, apesar de um probleminha ou outro. E às vezes fico imaginando minha vida sem ela e eu entro em parafuso só de imaginar.
Então, eu imagino a sua dor!
beijo!

CAROL SATYRO disse...

Ai Bia, sei exatamente o que estás sentindo. Perdi minha avó recentemente (próximo janeiro faz 2 anos, mas para mim ainda é muito difícil falar sobre isso, tanto que nunca falei sobre isso no blog, porque dói meu coração)

Dormia no mesmo quarto com minha avó desde muito pequena...

Dói, mas lembre-se sempre daquela fraze do Padre Marcelo:
SAUDADE SIM, TRISTEZA NÃO!!!

Seu avô gostaria de te ver sorrindo..

Que Deus conforte o seu coração como confortou o meu...

beijos

Maria Betânia Fuller, mamãe de Lana Fuller, disse...

Oww Bia é trsite sei que é pois essa dor eu conheço bem amiga mas temos que tentar lembrá-los de maneira saudosa e não tr~isteza. Minha vozinha querida se foi e exatamente 1 ano após no mesmo dia e curiosamente na mesma hora foi meu avô, nós acreditamos que isso acontece porque se encontraram, são casais tipo alma gêmea, precisam andar numa mesma jornada e juntos. Um beijão e força amiga, que Deus sempre proteja vc e sua família.

Sandrinha disse...

Bibi
Q vc tenha forças p/ superar mais esta perda e ore mto por ele, essas orações vão voltar p/ vc na forma de energias boas dando conforto ao seu coração.
Agora fica tranquila, ele com certeza tá mto bem acompanhado da sua vovó e descansando juntinho dela.O tempo dele neste mundo foi cumprido e não acaba aqui, começa p/ ele uma vida eterna em um mundo melhor.
Fica com deus.
Bom final de tarde p/ vc.
Bjs!!

Izabella disse...

ô Bianca, sinto muito pela sua perda, não é nada fácil, eu bem sei... mas vai passar. Se apegue na certeza de que seu avozinho está agora ao lado de Deus, juntamente com sua avó, onde não existe dor, sofrimento ou maldade. Eles estão agora bem melhor que nós, tenha certeza disso e estão lá de cima olhando por toda sua família linda...
Sinta todo o meu carinho...
Beijinhos e muita força!!

Than disse...

O q falar numa hr dessa ne? Complicado...mas tenho certeza q esses dois fofos estao juntos e felizes agora, nas maos do Pai!
Espero q Deus conforte vcs nessa hora!

Beijos

Isabela disse...

Oi Bi,

Fiquei emocionada com seu post...
Perder pessoas queridas é uma dor imensa. Nem consigo dizer...
Eu tenho 1 avô e 2 avós...mas a avó materna está com Alzheimer há mais de 10 anos.
Meus avós paternos moram no litoral de SP. Minha avó é super culta, tem seus 86 anos e manda email, tem orkut...mas meu avô, desde que meu pai faleceu ele não saiu do quarto. Não nos recebeu, escrevi cartas que ele nem quis abrir.
Agora minha avó disse que ele está com começo de Alzheimer.
Fui visitar minha avó quando estava grávida...e assim que Nina puder sair de casa, vamos levá-la para conhecer a bisa.
Eu sempre fui muito apegada à minha avó materna, que está com 90 anos, mas não lembra de ninguém, nem das filhas...e está com uma saúde ótima.

Bom minha amiga, dê muita força ao seu pai...força para vocês.
super beijo

Gab disse...

Sei como é isso. Quero te passar toda a força do mundo nesse momento. Meu vô era também, o cara mais incrivel que eu conhecia e sei como é duro passar por isso.
Mas que fiquem apenas as boas lembranças do seu vô e da sua vó agora. Pensar que eles estão bem juntinhos agora faz bem. (:
Beijo.

Franciely disse...

Flor, sinto mtu, tb me emocionei lendo seu post, é mtu triste issu, fiquem com deus, bj

Camilinha disse...

sinto muito pela perda...
que deus conforte seu coração.

bjs

Patrícia e Duda disse...

Amiga... não tenho palavras, pois nada que escreva aqui irá amenizar a dor da perda... só o tempo para curar "a ferida". Sei muito bem o que é perder pessoas que amamos... perdi minha avó materna que era uma mãe pra mim... a dor foi imensa, não conseguia nem respirar, fiquei sem chão... depois de 9 meses perdi minha avó paterna a qual eu ajudava a cuidar, tbm sofri muito e hj tenho meu avô materno que teve AVC quando eu estava no finalzinho da minha gravidez, e as sequelas ficaram e ele não aceita não poder fazer as coisas, muito triste vê-lo doente, com depressão... ele vive caindo por falta de oxigênio no cérebro... Tá uma barra por aqui...:o(.. Que Deus dê muita força pra vc e sua família e com certeza amiga ele está muito feliz ao lado do papai do céu. Que Deus possa cofortar os seus corações... Beijão enorme e um abraço super apertado... Te amo amiga...

Marcelly disse...

Bibi Deus sempre vai estar ao lado de sua família !
Fica com Deus !
Bjks !

Amanda Andrade disse...

Oi Bia!
Q Deus, acalme seu coração.Meus avôs faleceram quando eu ainda era bem novinha e não me lembro de nada. Minhas avós estam vivas, mas minha vó paterna esta bem doentinha, e eu sofro só de imginar que daqui a algum tempo não teremos ela no nosso dia a dia.
Que Deus abençõe sua familia!
Bjs, Amanda

Talita disse...

Fiquei triste com esse post!
No post anterior de notícias dele parecia que tava tudo tão bem!
O que eu aguardava era um post com notícia de alta!
Acho que todos esperavem isso!
Mas... agora resta guardar as lembranças, com certeza, boas e passar tudo que ele deixou de bom pras gerações futuras!
Que toda família seja confortada!
Estou torcendo por vcs!
Bjs

Aline disse...

Como possíveis almas gêmeas não se conteram de saudades e terá festa no céu, bodas de ouro celebradas no próximo mês e será capaz de sentir o perfume das flores que ornamentarão este sagrado momento! Como diz a oração de São Francisco de Assis "..e é morrendo que se vive para a vida eterna." Fique em Paz. Beijos.

Aline Cristina disse...

Perder alguém que se ama flor não é fácil. Mas estarei orando por vcs para que Deus lhe dê o conforto vindo do céus para seus corações.

bjs,

Ci disse...

Oi Bibi.

Deus trouxe seu querido avó pra mostrar que existe felicidade no mundo e nas pessoas.

Querida, a dor de perder um avô ou uma avó não passa nunca, mas o amor que eles nos deram é tão infinitamente maior do que a dor, que parece que ela passa...dai acaba sendo atenuada.

Perdi minha tia-avó (que me criou como minha avó) em 2008, ela já estava com 91 anos, e sinto um vazio imenso dela ainda, por mais que as religiões digam que não é bom, que "o espírito não evolui" e etc...mas sinto falta dela não de uma forma ruim, egoísta, pq sei que ela precisava partir, estava muito doente e sofrendo a anos na cama, mas sim para tê-la comigo em momentos como agora, que estou grávida e ela seria uma das melhores bisavós do mundo.

um beijo e tudo de bom querida,
me visite, Ci
www.douceurdemonmonde.blogspot.com

Lívia RiOl disse...

puxa, Bibi, que notícia triste! Mas que bom que vcs sempre estiveram perto dele, sempre amando e com certeza, ele se foi carregando tudo isso no coração.
Deus conforte vcs!
bjin

disse...

Bi, eu sei a dor que vc sente. A única avó que conheci e com quem vivi por 20 anos se foi há quase 8. Foi duro, difícil, mas só o tempo nos conforta mesmo. Hoje, a saudade, mas também a certeza de que em breve nos reencontraremos. Um beijo no coração, viu?

Juliana Costa disse...

Bi, fiquei triste com seu post, desde que acompanho seu blog, vejo vc falando dos seus avozinhos queridos, linda sinto mto por sua perda, eu tbm nao tenho os meus ao meu lado e sei como é triste isso, agora nos resta lembrar com saudades de nossos entes tão amados que fizeram de nossa vida a mais alegre.

Bjos linda

* Jane by Jane... disse...

Bianca ! que ano triste para o seu pai, e, claro para todos vcs.
Sinto muito. Muito mesmo.
Entendemos que a missão deles encerrou-se neste plano, só que a saudade bate não é ?
Beijinhos no Teo e pra vcs. todo meu carinho

Sol disse...

Força lindona.
Imagino o quanto vc esta sentindo, mas pense que ele esta bem e tudo ficará bem.
bjokas coloridas

Mariza disse...

Oi querida, sei o que é isso. Perdi o meu avó em 2000 e foi uma dor muito grande. Ele era bem parecido com o seu. Fiquei impressionada! Mas sei que eles estão ao lado de Deus,num lugar bem melhor que este e que um dia os veremos novamente.
Vi o seu blog pelo da Thais Scavassa, achei tão bacana que estou seguindo. Passa no meu, estou fazendo uma promoção bem legal lá. Beijocas e ótimo dia!
Mariza
http://cantinhodoreiarthur.blogspot.com

Lane e Pedro Henrique disse...

Me emocionei com seu post. Nunca estamos preparadas para perdas. Certa vez, encontrei esta mensagem na net e neste momento, não poderia de compartilhá-la com você:

"Mensagem de condolências de Henry Sobel à uma família amiga, publicada na Folha de São Paulo do dia 16/12/2000:
Imagine que você está à beira mar e vê um navio partindo. Você fica olhando, enquanto ele vai se afastando e se afastando, cada vez mais longe, até que finalmente parece apenas um ponto no horizonte, lá onde o mar e o céu se encontram. E você diz: “Pronto, ele se foi”.
Foi aonde? Foi a um lugar que sua vista não alcança. Só isso. Ele continua tão grande e tão bonito e tão importante como ele era quando estava perto de você. A dimensão diminuída está só em você, não nele. E naquele exato momento em que você está dizendo: “ele se foi”, há outros olhos vendo-o se aproximar e outras vozes exclamando com júbilo: “ele está chegando!”."

Reflita sobre isso e que Deus a conforte.
Bjks.

Cris disse...

Oi Bibi,
Sinto muito pela sua perda. Chorei lendo seu depoimento porque lembrei do meu avô, que faleceu em 2009, alguns meses depois do meu casamento e cuja saudade ainda é muito grande e me faz chorar sozinha direto.
Lendo seu depoimento eu acredito que seu avô foi encontrar sua avó, porque 60 anos de história juntos é muito amor!
Sei que vc é uma menina para cima e vai ficar bem,mas te dando um conselho de quem já passou por isto, o que me conforta é a fé de saber que um dia estaremos todos juntos com as pessoas que amamos.
Fica com Deus!
Beijos
Cris
http://coisas-da-cris.blogspot.com/